6 fatores para ter sucesso no processo de transformação digital

6 fatores para ter sucesso no processo de transformação digital

As mudanças do mundo trouxeram muitas perspectivas para as empresas. Com a digitalização de rotinas, ferramentas, formas de gestão, relacionamento com equipe e clientes, faz-se urgente olhar mais atentamente aos tradicionais modelos de negócios. De acordo com uma pesquisa da Boston Consulting Group (BCG), 80% dos gestores e funcionários disseram que os meios digitais auxiliaram a enfrentar o momento da pandemia nas organizações. Mas é claro que o processo de transformação digital nos negócios não é realizado de um dia para o outro. São necessárias muitas estratégias – e execuções – para implementar a cultura digital dentro de uma empresa. E criar essa cultura digital tem a ver com aceitar e promover a mudança, a experimentação, aprendizado contínuo e as constantes melhorias. Se 75% dos CEOs e líderes relatam que a transformação digital é o próximo passo para as empresas, por que não buscar formas de acelerar esse processo na sua organização também? Porém, é importante que esse momento de implementação seja realizado de forma analítica, sempre com foco em resultados. Afinal, apenas 30% das companhias tendem a seguir as estratégias certas para isso. E os negócios que conseguem juntar o digital com as capacidades humanas estão à frente no mercado atualmente. Quer conhecer seis fatores que a BCG indica para auxiliar você no processo da transformação digital? Estratégia integrada com objetivos claros de transformação. Comprometimento da liderança de CEOs, gestores, gerentes. Recrutamento e treinamento de pessoas com grande talento. Governança ágil e que seja focada na adoção ampla da transformação digital. Monitoramento efetivo do progresso dos objetivos desenhados. Tecnologia destinada ao negócio e plataforma de dados. O processo...
Como a tecnologia pode ajudar no crescimento dos negócios

Como a tecnologia pode ajudar no crescimento dos negócios

O uso de tecnologia de forma inteligente é uma vantagem competitiva entre as empresas. Os recursos tecnológicos facilitam processos, auxiliam nas tomadas de decisão, automatizam rotinas. Mas é preciso saber aplicá-los da forma correta para aumentar seus resultados. Quer saber quais os principais benefícios para os negócios que priorizam a tecnologia? Confira os principais pontos apresentados pela Boston Consulting Group.   Expande os limites das organizações A tecnologia transpõe os limites tradicionais de todo negócio. Com a agilidade e facilidade do processamento de dados, não há mais barreiras físicas que cerceiam uma organização. Afinal, é possível capturar e acessar dados e informações das mais variadas fontes externas, através de recursos como internet das coisas. Empresas de tecnologia, por exemplo, têm criado sólidos ecossistemas digitais para poder acessar os dados de diversos fornecedores.   Cria ciclos de aprendizagem rápidos Tradicionalmente, dentro das empresas, o ciclo de aprendizagem de uma ação tomava tempo. As pessoas precisavam executar ações, ganhar conhecimento acerca delas, aprender a respeito e agir (ou reagir) baseando-se nas informações adquiridas. Mas, com o avanço da inteligência artificial, pode-se aprender e agir na “velocidade de um algoritmo”. Através de sistemas de dados conectados a algoritmos de IA, não é necessária a intervenção humana. É possível tomar decisões, fornecer dados e construir um ciclo de aprendizagem integrado. Um exemplo é a plataforma de recomendação da Netflix, em que o sistema analisa o comportamento do usuário e produz automaticamente sugestões personalizadas para cada um em determinado momento.   Direciona os talentos para suas áreas de força Os algoritmos podem identificar padrões e realizar algumas tarefas de forma muito mais rápida do...
10 tendências de consumo para 2021

10 tendências de consumo para 2021

A forma de consumo foi uma das principais mudanças que 2020 trouxe ao mundo. As pessoas passaram a incorporar novos hábitos, adquiriram novos comportamentos e, com isso, mudaram sua maneira de consumir das empresas. Os consumidores demonstraram resiliência e se adaptaram ao momento, mas a hora é de as marcas assumirem novos papéis e se posicionarem de forma diferente na sociedade. Pensando em auxiliar as organizações a se encaixarem nos novos modelos, a Euromonitor anunciou 10 tendências globais de consumo para este ano. Confira: 1. Reconstruir melhor Os consumidores estão cada vez mais atentos a empresas que contribuem para a sociedade e para o meio ambiente. Por isso, as organizações devem focar seus esforços em mostrar seu propósito e atuar de forma responsável e sustentável. A Euromonitor indica que isso é uma forma de reconstruir melhor e obter resultados positivos no tripé da sustentabilidade: pessoas, planeta e lucros.    2. Desejo por conveniência Agora é hora de as empresas adaptarem suas operações e desenvolverem uma experiência do cliente se baseando na conveniência. E isso terá um grande peso nas decisões de compra, afinal, todos sentem falta de comodidades que antes passavam despercebidas no seu dia a dia. A consultoria sugere que as organizações testem operações de autoatendimento, sem contato ou autônomas, além de repor estoques e efetuem entregas usando códigos QR, por exemplo. O objetivo é realizar iniciativas que atendam às novas rotinas de consumo e tragam agilidade à jornada de compra em todos os canais.    3. Locais abertos são refúgios Com as restrições de reuniões e momentos recreativos em espaços fechados, os consumidores procuram um “oásis ao...
3 perguntas para fazer antes de implementar a transformação digital na sua empresa

3 perguntas para fazer antes de implementar a transformação digital na sua empresa

A transformação digital se tornou palavra de ordem para o crescimento dos negócios nos dias de hoje. Segundo o economista Ricardo Amorim, estamos vivendo uma “grande aceleração”, portanto, é preciso acompanhar as tendências, incorporar tecnologias na rotina das empresas, além de modificar modelos de negócio e formas de trabalho. Conforme pesquisa da Boston Consulting Group (BCG), 80% das organizações planejam acelerar seu processo de transformação digital. Afinal, as evidências indicam que é possível melhorar a performance e criar uma grande vantagem competitiva no mercado. Inclusive, o estudo aponta que líderes digitais aumentam seus ganhos em até 1,8 vezes mais. Contudo, a verdade é que implementar a transformação digital é realmente desafiador. Embora a maioria das empresas pretenda colocar as ações em prática, apenas 30% obtêm sucesso nesta tarefa. E as 70% que falham encaram profundas consequências nos seus negócios. Devemos lembrar que a tecnologia é importante, mas as pessoas são um fator determinante para o sucesso da transformação digital. De acordo com o artigo da BCG, os líderes devem estar atentos também a processos, modelos operacionais e cultura organizacional. E, então, o que as empresas devem fazer se querem iniciar o processo de transformação digital? Existem três questionamentos importantes propostos pela BCG antes de levar a implementação adiante: Por que estamos fazendo isso? Quais são os motivos pelos quais queremos realizar a transformação digital na empresa? Precisamos de resultados mais expressivos? Precisamos entender de forma mais rápida o comportamento e desejos do consumidor? Precisamos monitorar nossos indicadores de forma mais eficiente? Precisamos aumentar a produtividade da equipe? Precisamos melhorar nossas habilidades inovadoras? Elenque suas principais respostas a essa pergunta...
12 tendências para os negócios em 2021

12 tendências para os negócios em 2021

Tendências vêm e vão, mas as transformações e mudanças previstas para 2021, no que tange ao mundo dos negócios, prometem ficar. Muitas já vinham avançando lentamente, mas foram ligeiramente aceleradas a partir da pandemia do novo coronavírus. Muitos comportamentos, formas de consumo e expectativas mudaram de forma significativa durante esse período. E as empresas precisaram se adaptar rapidamente para acompanhar todos os acontecimentos – e aprender com eles. A Exame Academy e ACE realizaram um estudo apontando 12 tendências para esse ano. Confira: Escritórios sem endereço As empresas encontraram uma nova forma de trabalhar e se surpreenderam que há muito mais vantagens do que imaginavam. Inclusive, uma pesquisa feita pela Cushman & Wakefield apontou que 74% das empresas pretendem manter o trabalho de casa como uma opção definitiva no pós-pandemia. Além disso, a possibilidade de manter o trabalho remoto abre espaço para uma série de tendências: os “resort offices” (hotéis paradisíacos com boa infraestrutura para os hóspedes manterem a rotina de trabalho), bem como empresas e técnicas que facilitam a gestão remota de pessoas.   Vídeos com grande destaque Os vídeos tomaram conta da internet. Com a impossibilidade de encontros, reuniões, eventos e capacitações presenciais, as pessoas e empresas passaram a dar muito mais atenção a lives, aplicativos de videoconferência, webinars e serviços de streaming. Inclusive, as ações do Zoom na Nasdaq, bolsa de valores das empresas de tecnologia, chegaram a se valorizar 775% ao longo do ano. Os vídeos seguirão na rotina das pessoas, tanto no âmbito profissional como pessoal.   Investimentos em startups Em 2021, uma tendência bastante forte é a mudança do cenário de investimentos em...