7 mitos sobre a transformação digital

7 mitos sobre a transformação digital

A transformação digital está na lista de prioridades das empresas, especialmente com a crise que a pandemia causou nos negócios. Estamos vivendo em uma era de mudanças – modelos de negócios, experiências do cliente, canais, tecnologia -, e, com isso, as organizações precisaram se adaptar para acelerar seu processo de transformação. Ainda existem diversos mitos a respeito da transformação digital que precisam ser esclarecidos.  Veja alguns mitos: Transformação digital tem a ver apenas com usar mais tecnologia Muitas empresas pensam que o processo é apenas utilizar mais tecnologia para se tornar efetivo, mas isso não é necessariamente verdade. Ela tem a ver com estimular o digital para o coração do seu negócio, além de promover a agilidade, decisões baseadas em análise de dados, integração de informações dos seus processos, excelência operacional, valor agregado ao cliente. A tecnologia é um facilitador desse processo. Lembre-se: uma empresa que adota algumas plataformas de forma efetiva é muito melhor do que uma que utiliza 200 de forma ineficaz.  Apenas grandes empresas devem se implementar a transformação digital Diferentemente do que muitas pessoas pensam, a transformação digital não tem a ver com o faturamento da empresa. É relacionada a uma mudança de cultura, a uma adaptação de modelo de negócios, a uma otimização de processos. Ela beneficia tanto empresas grandes como pequenas, trazendo melhorias para seus fluxos e rotinas. Transformação digital é um processo caro O processo de transformação digital não deve ser visto como um custo, mas como um investimento para ter excelentes retornos e resultados. De acordo com uma pesquisa da IDC Consulting, 34% das empresas que alocaram recursos para a implementação...
O que são “super boutiques” e como elas estão rompendo com o padrão das consultorias tradicionais de negócios

O que são “super boutiques” e como elas estão rompendo com o padrão das consultorias tradicionais de negócios

Você já ouviu falar em “super boutiques”?  O conceito de super boutiques ainda é pouco utilizado, mas é um importante termo para designar empresas que são muito mais do que as tradicionais consultorias de negócios como a maioria das organizações conhecem. As super boutiques são consultorias menores, mais ágeis e que fornecem mais do que apenas recomendações e ideias de como implementar estratégias. Afinal, as organizações buscam muito mais do que apenas recomendações.   Assim, as super boutiques são extremamente especializadas e almejam trazer a transformação digital para os negócios. O objetivo é oferecer aos clientes orientações específicas e assertivas, juntamente com um know-how técnico de como colocar em prática.   E por que elas estão rompendo com a tradicional forma de consultoria? As super boutiques colocam a mão na massa Consultores que ficam apenas sentados em uma mesa, trazendo sugestões de o que os CEOs devem fazer, são coisa do passado. As empresas demandam mais do que isso: elas querem pessoas que as ajudem efetivamente a alcançar seus objetivos, com experts em diversas áreas. Dessa forma, as super boutiques contratam pessoas ou negócios com diferentes expertises, combinando estratégias práticas e oferecendo às lideranças exatamente o que precisam. Elas colocam a mão na massa para buscar o melhor aos seus clientes. As super boutiques ultrapassam fronteiras O cliente precisa de especialistas em datalake ou Python, por exemplo? Não importa onde estejam, as super boutiques os encontram independentemente do continente onde moram. Não há fronteiras para buscar os experts que a organização precisa.   As super boutiques se adaptam facilmente As empresas querem contratos que vão entregar retorno sobre o investimento. Elas almejam...